O que é a Internet das Coisas e porque ela é tendência para o futuro

Padrão

A chamada Internet of Things (IoT), ou Internet das Coisas, é uma das tendências da tecnologia para um futuro não tão distante. O International Telecommunication Union prevê que “conexões irão se multiplicar e criar uma nova dinâmica de redes das redes – uma Internet das Coisas”¹ .

Mais do que conectar eletrodomésticos à internet, a IoT envolve conectar e integrar entre si objetos diversos. Em geral, um smartphone, tablet ou notebook atua como objeto integrador dos demais eletrônicos da rede.

Esses eletrônicos podem ir de coisas do dia a dia, como lâmpadas, geladeiras ou trancas, a maquinário pesado e equipamentos hospitalares. O importante é que haja integração – palavra-chave quando se pensa em Internet das Coisas. Morgan (2014) diz que, no futuro, “se algo pode ser conectado, será conectado”².Internet_of_things_signed_by_the_author2

Entre as tecnologias que permitem a existência da Internet das Coisas está o RFID, sigla que significa Identificação por Rádio Frequência. O RFID é usado, por exemplo, no Sem Parar dos pedágios, e possibilita a identificação de objetos (eletrônicos ou não) sem necessidade de conexão com uma rede wi-fi – facilitando, assim, o processo de “internetização” das coisas.

Outra tecnologia importante para o desenvolvimento da IoT são os sensores, como os que captam movimento ou temperatura, por exemplo. Atualmente já estão no mercado sensores que detectam ocorrências domésticas, como uma porta aberta ou uma torneira pingando e, por meio de uma conexão wireless, informam o dono da casa através de mensagem de texto, tweet ou e-mail.

O uso de sensores ligados à internet não se limita ao ambiente doméstico. Lojas podem usar a IoT para informar aos clientes as vagas de estacionamento que estão livres, evitando que fiquem andando em círculos; sensores como o Shopperception auxiliam nas pesquisas sobre a interação entre consumidores, produtos e o ambiente de loja.

Cidades podem utilizar tecnologia de IoT para analisar dados sobre o meio ambiente, como níveis de poluição; o tráfego pode ser otimizado utilizando sensores e GPS. Num nível micro, os municípios podem investir em lixeiras que “avisam” quando estão cheias (tecnologia que já está no mercado), entre outras possibilidades.

Um exemplo brasileiro de aplicação da Internet das Coisas é o aplicativo da empresa Ponto Certo que permite consulta de saldo e recarga do Bilhete Único. O App precisa estar conectado à internet e utiliza a tecnologia NFC, presente nos smartphones mais modernos. NFC é a sigla para Near Field Communication, tecnologia similar à do RFID, com a diferença que sua atuação é indicada para distâncias pequenas (até 10 centímetros). No caso do aplicativo, basta aproximar o celular do cartão para ver, na tela, a informação do saldo.

O NFC é considerado por muitos como uma tecnologia que promete revolucionar os sistemas de pagamentos. No futuro, celulares com esse sistema poderão ser usados como substitutos para os tradicionais cartões de crédito e débito.

Com o tempo, novas tecnologias poderão surgir para facilitar a implantação da Internet das Coisas. Um estudo do PewResearch Internet Projetc³ mostrou que 83% dos especialistas consultados concordam com a afirmação de que, em 2025, a Internet das Coisas já estará disseminada e trazendo benefícios para o dia-a-dia das pessoas.

Referências

¹International Telecommunication Union. Internet Reports 2005 – Executive Summary.

²Morgan, Jacob. A Simple Explanation Of ‘The Internet Of Things’, 2014.

³PewResearg Internet Projetc. The Internet of Things Will Thrive by 2025, 2014.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s